Atleta do IMG torna-se a primeira cicloturista cadeirante do Brasil

13 de fevereiro de 2017 | 19:11

cicloturismo

Durante três dias de trajeto, de 10 a 12/2, Jéssica Moreira, atleta de handbike apoiada pelo Instituto Mara Gabrilli, inaugurou modalidade no Circuito Lagamar ao percorrer cerca de 200 km em uma bicicleta adaptada para pessoas com deficiência.

Pedalar por subidas, estradas de terra, pedra e areia já não é uma tarefa fácil. Imagine realizar esse trajeto contando apenas com a força dos braços.

Movida pelo desafio, Jéssica Moreira, 29, atleta de hanbdbike do Instituto Mara Gabrilli, resolveu aceitar o convite do biólogo e cicloturista William Mendes, idealizador do circuito Lagamar, roteiro turístico de 180 km pedalados entre as cidades de Ilha Comprida, Iguape, Pariquera-Açu, Jacupiranga e Cananeia, no litoral sul paulista e paranaense.

“Pesquisamos muito sobre a cicloviagem para cadeirantes e mais especificamente sobre participantes mulheres. Descobrimos que nenhuma mulher com handbike paraplégica havia feito esse trajeto no Brasil. Fomos os pioneiros desse feito”, conta a atleta orgulhosa.

E não é para menos, durante o longo percurso, os participantes passam por trechos de asfalto e estradas de terra, onde desfrutam de paisagens com praias vastas e desertas do Vale do Ribeira, uma área remanescente de Mata Atlântica. “Foi muito difícil e desafiador, mas o prazer de desfrutar de cada paisagem e do contato com a natureza tornaram a experiência única e inesquecível”, completa.

Jéssica Moreira sofreu um acidente em novembro de 2013, quando voltava do trabalho. O carro em que dirigia deu três voltas e parou a 50 metros da estrada por onde conduzia sozinha. Presa nas ferragens do veículo, achou que fosse morrer e teve que aguardar o resgate por duas horas. Desde então, a jovem na época com 26 anos, passou a viver sob a condição de não voltar a andar. O esporte surgiu não só como ferramenta de reabilitação, mas uma nova perspectiva de vida.

A atleta conta que passou por várias modalidades, até que em janeiro de 2015, se encontrou no paraciclismo. “Eu não escolhi o esporte. O esporte que me acolheu”.

Jéssica é atleta do Instituto Mara Gabrilli desde meados de 2016. Em seu currículo já estão os títulos de campeã paulista de handbike, segunda colocação no ranking nacional da Copa Brasil, além da sexta colocação na Copa do Mundo de paraciclicismo.

Foto: Sérgio Cubas

 

 

Outras Notícias

flyer

Bazar do Instituto Mara Gabrilli acontecerá de 14 a 20 de novembro, no Shopping Eldorado

Leia mais...
image022

iFLY e Instituto Mara Gabrilli firmam parceria para levantar “asas” de pessoas com deficiência

Leia mais...
mutirao

Projeto Cadê Você? realiza mutirão na região de Cidade Ademar, zona sul de São Paulo

Leia mais...
triatlo-site-img

Fundadora do IMG participa de maratona aquática em Bertioga

Leia mais...
voos-especiais

Atletas do IMG ganham experiência de voo com a IFLY

Leia mais...