Conheça o trabalho do Instituto ABCD

Logo do Instituto ABCD. Uma faixaretangular branca, com o nome do Instiuto. Ao fundo vários letras embaralhadas na cor verde em um fundo azul

A Vez das ONGs destaca hoje o iABCD, uma organização da sociedade civil de interesse público (OSCIP) que se dedica, desde 2009, a gerar, promover e disseminar projetos para melhorar a qualidade de vida de brasileiros com dislexia e outros transtornos de aprendizagem

Atuando em parceria com gestores públicos, educadores, pesquisadores, universidades e outras organizações, o iABCD busca construir políticas e práticas educacionais capazes de promover a inclusão da diversidade nas salas de aula de todo o Brasil, enfatizando a complexidade da aprendizagem humana e o respeito à diversidade.

O iABCD defende que a abordagem escolar do aluno com transtorno de aprendizagem deve ser preventiva, individualizada, multissensorial e sequencial. Para a organização, não se pode penalizar uma criança ou jovem por possuir uma forma de aprender que não corresponde às expectativas da escola ou da sociedade. É preciso, antes de tudo, colocar na balança fatores neurobiológicos, estado de saúde física e mental, perfil cognitivo, exposição a estímulos sensoriais e linguísticos, motivação para aprender, vínculo com o professor, entre muitos outros.

 Os projetos abrangem os seguintes eixos de atendimento:

 – Educação: através do  programa Todos Aprendem, oferece formação para professores da rede pública do ensino fundamental 1 nas modalidades presencial e EaD. Mais de 8 mil professores de todas as regiões do Brasil já foram impactados com conhecimentos teóricos e práticos sobre as dificuldades e transtornos de aprendizagem, introduzindo estratégias para a sala de aula dirigidas às necessidades destes alunos.

 – Disseminação da Causa: produção de materiais informativos com respaldo científico sobre temas relacionados ao desenvolvimento infantil (Projeto pela Primeira Infância) e aos transtornos de aprendizagem (Todos Entendem; Guia de Boas Práticas para Especialistas). Também difundimos conhecimentos para o público geral com o curso online e autoinstrucional Entendendo a Dislexia e com diversas ações apoiadas por parceiros na Semana anual de conscientização da Dislexia.

 – Núcleo técnico científico: eixo de apoio a instituições de pesquisa que se dedicam à produção de conhecimento e à assistência de crianças, jovens e adultos com dislexia e outros transtornos específicos de aprendizagem. Os Centros de Referência são o Projeto ELO da UFRJ e o Projeto LEIA da UFRN.

 – Políticas Públicas: acompanhamento  e divulgação de projetos de lei e leis municipais e estaduais relacionadas aos transtornos de aprendizagem; assessoria técnica para poder legislativo e executivo (Ministérios de Educação e Saúde); apoio e incentivo para organização de grupos de mães e pais de crianças e jovens com dificuldades e transtornos de aprendizagem.

 Conheça mais sobre esse importante trabalho no site: http://www.institutoabcd.org.br

Instituto Mara Gabrilli